Veganismo para gatos, a visão de especialistas

Veganismo para gatos a visão de especialistas

 

Segundo pesquisa do IBOPE (2018), cerca de 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos ou veganos. Associado a este fato, observa-se cada vez mais a humanização dos animais de companhia, o que se reflete na busca por alimentos livres de ingredientes de origem animal para os pets desses tutores/proprietários.

Contudo, é preciso salientar que gatos são considerados animais carnívoros obrigatórios, pois de acordo com seu processo evolutivo, na natureza esses animais consomem apenas pequenas presas, consequentemente, eles se adaptaram metabolicamente para isso. Dessa forma, os gatos apresentam várias particularidades nutricionais características de animais carnívoros. Portanto, a formulação de alimentos veganos para gatos é um desafio, visto que vários nutrientes essenciais são encontrados principalmente, ou exclusivamente, em ingredientes de origem animal.

Um recente estudo desenvolvido no Centro de Pesquisa em Nutrologia de Cães e Gatos (CEPEN-PET) analisou o único alimento vegano comercial para gatos comercializado no Brasil e, observou que vários nutrientes estavam em quantidades insuficientes, como: potássio, selênio, ácido araquidônico, arginina e relação cálcio:fósforo alterada. Além disso, foi observado excesso de zinco e cobre. Estudos realizados em outros países encontraram resultados semelhantes. Isso é preocupante, uma vez que a deficiência ou excesso desses nutrientes podem acarretar várias consequências negativas para a saúde de gatos.

Portanto, procure sempre um especialista em nutrição de pequenos animais para maiores orientações sobre a alimentação mais adequada para seu pet.

 
 
Autor: Rafael Vessecchi Amorim Zafalon

 

 

Junte-se a discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top