Veganismo para cães, pode? Uma visão científica…

Veganismo para cães

O veganismo é a forma mais estrita do vegetarianismo. Os adeptos a esse movimento excluem carne, frutos do mar, ovos, laticínios e todos os outros produtos de origem animal de seus hábitos alimentares. Estudos têm demonstrado que há aumento crescente do número de pessoas veganas no mundo todo.

Com a maior “humanização de cães e gatos” (pets sendo tratados como pessoas) tem-se observado com frequência cada vez maior o interesse por alimentos veganos para animais de estimação. Contudo, vale ressaltar que cães são animais onívoros, pois de acordo com seu processo evolutivo, eles se adaptaram ao consumo de grandes presas e uma pequena quantidade de frutos e outros vegetais. Portanto, a formulação de alimentos veganos para cães é um desafio, visto que vários nutrientes essenciais estão presentes, principalmente, em ingredientes de origem animal.

Um recente estudo desenvolvido pelo Centro de Pesquisa em Nutrologia de Cães e Gatos (CEPEN-PET) da USP analisou os 3 alimentos veganos comerciais para cães comercializados no Brasil e, observou que todos eles apresentaram deficiências nutricionais. Nesse estudo, foram observadas deficiências de vários nutrientes, como: cálcio, potássio, sódio, selênio e metionina. Além disso, foi observado excesso de cobre e zinco. Esses resultados são preocupantes, visto que a deficiência ou excesso desses nutrientes podem implicar em uma série de riscos à saúde de cães. Estudos realizados em outros países encontraram resultados semelhantes.

Portanto, procure sempre um especialista em nutrição de cães e gatos para melhores orientações sobre a alimentação mais adequada para o seu animal de estimação.

 
 
Autor: Rafael Vessecchi Amorim Zafalon

 

 

Junte-se a discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top