Quando devo trocar o alimento do filhote para alimento de adulto?

A fase adulta do cão ou do gato requer menor demanda energética e de outros nutrientes quando comparada à fase de filhote. Ao atingir 50% do peso corporal adulto a necessidade energética do filhote diminui cerca de 1,6 vezes e, ao atingir 80% do peso adulto ela cai para 1,2 vezes. Visto que o animal adulto necessita de menor quantidade de energia do que um filhote, a troca do alimento torna-se necessária ao final da fase de crescimento e pode evitar quadros de obesidade e outras complicações decorrentes ao excesso de alimento ingerido.

Devido à baixa variabilidade entre os indivíduos, ao tratar-se de um filhote de gato, considera-se idade adulta a partir de um ano e então é permitido o fornecimento do alimento destinado para gatos adultos. Por outro lado, o tempo necessário para um cão atingir a fase adulta varia consideravelmente de acordo com as raças, devido as diferenças de tamanho, temperamento, tipo de pelagem, entre outros, que podem afetar a necessidade energética.

Para saber quando o seu animal atingirá a idade adulta e quando deverá ser trocado o alimento, consulte o quadro abaixo, este foi adaptado do estudo de Hawthorne et al. (2004), que avaliou cães de diferentes raças durante o crescimento e determinou o peso e a idade adulta segundo o porte do animal. É importante observar que de acordo com os portes avaliados no estudo, os cães das raças “toy”, pequenas e médias atingiram o peso corporal adulto com idade entre 9 e 11 meses. Já os representantes das raças grandes e gigantes atingiram o peso corporal adulto entre os 11 e 16 meses, ou seja, a recomendação de troca do alimento difere de acordo com o porte da raça.

Ao mudar o tipo de alimento, é importante que a troca não seja realizada de maneira brusca, pois após passar os primeiros meses e até o primeiro ano de vida comendo o mesmo tipo de alimento, o animal pode apresentar recusa imediata e também poderá evitar possíveis transtornos gastrointestinais, como vômito e diarreia, devido a mudança na composição do alimento.

Características de crescimento de diferentes raças de cães

Tamanho e raçasPeso adulto (kg)Idade adulta aproximada (meses)
Raças gigantes
Mastiff Inglês66,916,3
São Bernardo65,214,2
Lébrel Irlandês52,412,3
Dogue Alemão51,113
Terra Nova43,311,5
Raças grandes
Labrador Retriever28,113
Raças médias
Beagle17,410,5
Springer Spaniel Inglês14,89,8
Raças pequenas
Cocker Spaniel10,211,6
Schaunzer Miniatura710,3
Cairn Terrier6,310,7
Toy
Papillon2,210,4

Adaptado de Hawthorne et al. (2004).


Autora: Roberta Bueno Ayres Rodrigues

Junte-se a discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top