Comer planta, por que e para que eles fazem isso?

Não é incomum observarmos gatos e, principalmente cães, ingerindo grama ou outros tipos de plantas, sem valor nutricional aparente. Muitas(os) tutoras e tutores acreditam que este comportamento ocorre porque seu animal está doente e, querendo se “automedicar”, tendo como consequência o vômito, ou sobretudo, por uma deficiência nutricional na sua alimentação.

Existem poucos estudos que buscaram entender a causa deste hábito. Pesquisas sugerem que o motivo da ingestão de plantas, não tem correlação com doenças, carências nutricionais ou distúrbios digestivos, pois foi observado que cães com problemas intestinais tendem a comer menos grama que cães saudáveis.

Este comportamento pode ter sido herdado de seus antecessores (canídeos e felinos selvagens), para os quais servia a um propósito biológico, a eliminação de parasitas intestinais, pois ao passarem pelo trato gastrointestinal, as plantas aumentam a motilidade e envolvem os parasitas, o que auxiliaria na sua eliminação, visto que estes animais eram frequentemente expostos a eles. Logo, o cão e o gato doméstico só reproduzem um comportamento comum da sua espécie.

Animais jovens são observados comendo plantas com maior frequência, possivelmente ligado ao seu hábito exploratório natural. Algumas tutoras e alguns tutores relatam que seus animais vomitam logo após a ingestão de plantas, o que provavelmente é uma resposta do organismo ao alimento indigesto que ele consumiu. Portanto, se seu cão ou gato tem o hábito de ingerir grama, fique tranquila(o), este é um comportamento natural, apenas mantenha-o longe de plantas tóxicas e gramados tratados com produtos químicos.


Autor: Lucas Ben Fiuza Henríquez

 

Junte-se a discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Discussion

  1. Temas corriqueiros, mas tratados com enfoque técnico de fácil clareza.

Back to top